terça-feira, 23 de março de 2010

Porto Alegre do futuro

Passeie pela Porto Alegre do futuro


Exposição na Usina do Gasômetro projeta como a Capital pode ficar nos próximos anos

Quando um amigo nosso faz aniversário, é legal ir a sua festa para dar os parabéns. Agora chegou a vez de dar os parabéns para a sua capital.

Para comemorar os 238 anos de Porto Alegre, a prefeitura montou uma exposição na Usina do Gasômetro – aquela que tem uma chaminé alta, na beira do Guaíba. Todo mundo é convidado. Ela fica aberta até o dia 4, e não é preciso pagar para entrar.

O nome da exposição é Eu, Porto Alegre – a cidade do futuro. É chamada assim porque você pode ver projetos para os próximos anos. Mas não pense que você vai ter que aguentar um monte de gente falando sem parar. Em vez disso, você vai poder aprender brincando. Veja só algumas atrações:

- Um dos espaços mais divertidos é a parte das bicicletas. Elas não saem do lugar, mas na parede passa um vídeo com imagens da cidade em movimento. Então, a sensação é que a gente está passeando enquanto fica pedalando. Ah, e por que fazer isso, se a bicicleta não sai do lugar? Você precisa pedalar para poder conhecer um plano que pretende aumentar os espaços para as pessoas pedalarem na cidade, as chamadas ciclovias. Assim que começar a girar os pedais, vai aparecer numa telinha colocada na sua bicicleta um vídeo explicando tudo.

- Em outra sala, você vai se sentir como se estivesse dentro de um campo de futebol. Parece grama, mas nos telões vai aparecer um vídeo que vai explicar o que é feito na cidade para esperar a Copa do Mundo de 2014.

- Em um outro espaço, parece que a gente está entrando dentro de um rio. Tem barulho de água pingando, e quando você coloca os fones de ouvido fica sabendo os projetos para aumentar o tratamento de esgoto.

Agora vamos parar de contar, porque para saber você vai ter que ir lá.

ZEROHORA.COM




Com 238 e ainda é a cidade do futuro, não foi o ex-imperfeito que dizia que porto alegre era uma tecnopolis? Cade a tal cidade do futuro? Cheia de carroças, soluções de transito que não existem, na falta de capacidade em resolver os problemas colocam culpa no que não tem nada a ver... ruas em petição de miséira, favelas por todo lado, criminalidade em alta, quero vender minha casa e ir embora daqui....por favor!!




Nenhum comentário: